quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

♥ Gewürzkuchen/ Cuca Condimentada ♥

 A chuva ontem por aqui veio causando estrago, Marido ficou apavorado no trânsito... graças à Deus chegou bem.

 Mais uma receitinha de bolinho retirada do ZH Gastrônomia. Os condimentos ficam bem presentes, eu gosto, mas se vc não gosta tanto diminua as quantidades, ou retire algum que não agrada.

Ingredientes:
-4 ovos
-200 g de açúcar
-125 g de manteiga
-250 g de farinha de trigo
-150 ml de leite
-50 g de chocolate em pó
-2 colheres (chá) de fermento em pó
-casca ralada de 1/2 limão
-2 colheres (chá) de canela em pó
-1 colher (chá) de cravo-da-índia moído
-1 colher (chá) de noz-moscada
-1 colher (chá) de gengibre ralado

Bata o açúcar, os ovos e a  manteiga até ficar cremoso. Junte a farinha, o leite, o chocolate e os condimentos restantes. Misture bem e coloque numa fôrma pequena.
Leve ao forno preaquecido, à temperatura de 180°, por 30 minutos.
Deixe esfriar e enfeite com açúcar de confeiteiro ou outra cobertura que desejar.


 
Olha só amiga Lena, a formiguinha que você me deu atacando meu bolinho..., rs, rs, rs.

 "Quando chegar aquilo que é perfeito, tudo o que é imperfeito desaparece." (I Coríntios 13: 10)




terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

TORTA CREMOSA DE LIQUIDIFICADOR (com batata)

Os dias tem sido bem abafados por aqui, mas não sinto saudades do inverno...
Essa receitinha é demais, depois que descobri essa massa com batata, faço sempre, foi super aprovada aqui em casa, é uma massa leve, saborosa e super prática. Achei aqui.
Coloquei gergelim por cima, mas você pode colocar queijo ralado...
 
 
 Ingredientes:
02 xícaras (chá) de leite
01 xícara (chá) de óleo
02 colheres (sopa) margarina
04 ovos
01 xícara (chá) de batata cozida
02 xícaras (chá) de farinha de trigo
01 colher (sopa) de fermento em pó
Sal a gosto

Bata tudo no liquidificador, por último fermento.

Recheio:
A gosto, mas acrescente 1 xícara de requeijão cremoso.
Eu fiz com carne moída refogadinha, mas vai ao gosto de cada um.

 Unte uma fôrma e coloque uma parte da massa, por cima o recheio e o requeijão e cubra com massa.
Forno préaquecido a 180°C por 30/35 minutos.
Obs.: Como essa massa rende muito, faço sempre metade da receita.


  “Busquei ao Senhor, e ele me respondeu, e de todos os meus temores me livrou.” (Salmos 34:4)



terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

♡ Bolo Napolitano ♡

Os dias nesse feriadão tem sido bem abafados com pancadinhas de chuva a tarde, estamos curtindo nossa casinha, aproveitei para terminar uns trabalhinhos pendentes e começar uns projetinhos de costura.
Achei esse bolinho muito lindo, minha Fofa Valentina amou!



INGREDIENTES:
 2 xícaras (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de manteiga ou margarina
6 gemas (claras em neve)
4 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de fermento
1 colher (sopa) de chocolate em pó
2 gotas de corante alimentício vermelho


PREPARO:

Bata o açúcar com a manteiga até obter um creme leve.Junte as gemas e a farinha peneiradas, alternando com leite.Sem bater, incorpore as claras e por útltimo o fermento.
Divida a massa em 3 partes iguais.Acrescente o chocolate a uma delas e o corante vermelho à outra.
Na fôrma untada, distribua a massa branca, sobre ela a vermelha e por última a de chocolate.Leve ao forno pré-aquecido por +/- 30 minutos.

Olha ela aí, só quer tomar café na escada e nos chama para ficar do lado.



Aproveitei e fiz mini bolinhos com a mesma massa e presenteei duas senhorinhas-vizinhas muito fofas.


"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." (Salmos 30:5) 

Desejo que seu dia seja de alegria, e que a cada manhã você possa buscar essa alegria no Senhor.

Bjos, Lú.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Limonete ou Lúcia Lima.

Essa plantinha que já é um pequeno arbusto, tem um cheirinho delicioso de limão. O chá é muito gostoso e minha Mãezinha quando está aqui, gosta de saboreá-lo à noite.
Suas florzinhas são pequeninas e muito delicadas.

Conhecendo um pouquinho mais dela:

Possuindo diversas sinonímias, tais como lúcia-lima, bela-luísa, cidrila, doce-lima, erva-luísa, pessegueiro-inglês, é uma planta que não deixa ninguém indiferente.
Floresce normalmente entre Junho e Setembro, apresentando minúsculas flores brancas em panículas. Gosta de estar em solos leves, bem drenados, ao sol.
Deve ser podada algumas vezes no ano para que mantenha sempre novos crescimentos e um aspecto equilibrado e saudável. A poda é fundamental para formar a planta podendo esta proporcionar ao longo do tempo maior quantidade de material/m2. É normal efectuarem-se 4 cortes/ano.
  Quanto às propriedades medicinais, a sua infusão extremamente agradável auxilia a digestão, além de ter propriedades calmantes e sedativas. Usada em aromaterapia para combater problemas digestivos e nervosos. O seu óleo essencial é insecticida e bactericida

As folhas secas são utilizadas em pout-pourris, frescas em saladas e sobremesas de fruta. Excelente a aromatizar geleias, azeites e vinagres. Os seus rebentos verdes são óptimas alternativas para embelezar e perfumar ramos de flores. Não se deve tomar a infusão de forma repetida pois possui um alcalóide que, em excesso, poderá causar perturbações gástricas.

Representa uma excelente opção para o jardim, podendo ser cultivada em vasos mas preferencialmente no solo e perto de um local de passagem, de forma a presentear-nos com o seu fantástico aroma, como se nos quisesse recordar que está ali, a nossa favorita.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Livros de Janeiro.

Gosto demais de ler, só queria ter mais tempo. Depois que comecei o "Meninas que Leem" e o "Adoradoras que Leem" tenho conseguido ler muito mais.
A Patty que é a pessoa que conheço que mais lê livros, sempre conta quantos livros ela lê no ano, e acho isso bem legal. Agora vou seguir seu exemplo e contar também.


 Sinopse: O desejo de Deus, seu plano, seu objetivo supremo, é fazer você à imagem de Cristo.
Mas como ocorre esta mudança?
Se Deus deseja que eu seja como Jesus, porque ainda me pareço comigo mesmo?
Neste livro o autor mostra porque Deus quer mudar o homem e revela seus métodos de transformação.
Deus o ama do jeito que você é, mas não quer deixá-lo da mesma maneira.
Ele quer que você seja simplesmente como Jesus.



Sinopse: A obra ilustrada tem o objetivo de estimular crianças muito pequenas a terem coragem de denunciar os abusos e também de ensiná-las a se proteger.
Para abordar um tema tão delicado para a infância, o autor utilizou a linguagem metafórica e inspirou-se em passagens de famosos contos infantis como Peter Pan, Soldadinho de Chumbo e João e Maria, citados na história. Vendo que estes personagens conseguiram enfrentar os seus inimigos, monstros e bruxas, o menino Antônio consegue ter coragem de denunciar a Mão, identificada depois como um amigo próximo da família. “Quero que as crianças se identifiquem com Antônio e se sintam mais fortalecidas para conseguir falar sobre o que lhes incomoda”, afirma Hugo.
Mais sobre o livro aqui

Sinopse: É impossível assistir a boa parte das cenas da superprodução "O Leão", "A Feiticeira" e o "Guarda-roupa", lançado nos cinemas do mundo todo em 2005, sem se impressionar com os personagens fantásticos, os efeitos especiais e as imagens maravilhosas geradas por computador. Mas existe algo mais nessa grande aventura, especialmente para o público cristão: um desafio intelectual e espiritual que "O Imaginário em as crônicas de Nárnia", de Glauco Barreira Magalhães Filho, ajuda a desvendar.
Fascinado pó mitologias, Lewis, tal como o amigo de academia, também cristão, J.R.R. Tolkien (autor da trilogia O senhor dos anéis), quebrou os últimos grilhões da imaginação ao criar o universo metafórico de Nárnia, na década de 1950. Feiticeiras, ogros, crianças, animais falantes, Lewis lançou mão de elementos que se vêem com freqüência nos livros de fábulas, mas agora para falar dos valores cristãos. Ele sabia do papel fundamental do imaginário para compreender o que não podemos assimilar apenas pela razão.
E é isso que Glauco Magalhães Filho nos mostra: a imaginação nos ajuda a compreender a obra sobrenatural - mágica, fantástica - que Deus vem fazendo na História.


Esses foram os livros de janeiro, amei a leitura dos três. 
Simplesmente como Jesus é um livro que te faz refletir sobre os planos de Deus em nossas vidas, seu objetivo supremo é que sejamos a imagem de Cristo.
Antônio é um livro que recomendo a todos os pais, avós... para lerem com seus filhos, ele trata com muita  sensibilidade sobre um assunto tão sério, e é um dever proteger as crianças, esse livro é uma ferramenta para falar do assunto.
O imagínário em as Crônicas de Nárnia é um livro que nos mostra que a ficção de Lewis nos transmite através da literatura fantástica as bases fundamentais da fé cristã.

Desejo que tenham uma semana cheia de bençãos e da presença do Senhor!
Bjos, Lú.